NATAÇÃO NA ARREBENTAÇÃO

Parte 1

A Natação na Arrebentação de ressaca é praticada num ambiente de performance único. O desenvolvimento e a planificação de rotinas de treinamento efetivas, constitui um desafio para técnicos, preparadores físicos e atletas.

Mensurar o rendimento do atleta no ambiente de performance é outra dificuldade, que aliada a imprevisibilidade da chegada de cada swell e suas intensidades, complicam a periodização e a eleição das rotinas.

A chegada do swell nem sempre coincide com o pico de performance do atleta. Mas uma coisa não muda: num ambiente de ondas grandes a capacidade de tomar decisões corretas, frente às situações de antecipação, para pôr em prática determinada estratégia, tática ou técnica, considerando os recursos físicos e psicológicos disponíveis, pode significar a diferença entre a vida e a morte.

Na ARREBENTAÇÃO de ondas grandes o RECEIO é saudável. O pânico é letal.

Essa capacidade de tomar decisões depende do estado das habilidades psicológicas (cognitivas, motivacionais e emocionais) e aspectos físicos e fisiológicos que estabilizam (ou desestabilizam) o comportamento emocional e otimizam (ou prejudicam) a tomada de decisão possibilitando (ou impedindo) por em prática a tática escolhida e realizar perfeita e confiavelmente cada técnica, em condições extremas.

Para sair da linha de tiro de uma série gigante é necessário torque, propulsão e contrôle emocional.

Na piscina você simplesmente acelera as braçadas e pernadas. Porém em meio as energias móveis da arrebentação, a geração de torque e propulsão depende antes de mais nada do seu grau de aquacidade e da técnica e do ritmo dos movimentos natatórios e da capacidade de redução do arrasto durante o nado.

Nossa “musculatura respiratória ” é como a longarina da prancha.

E tudo isso depende da força e resistência dos músculos respiratórios e esqueléticos e da técnica utilizada para ondular e nadar.

É a confiança na eficiência dessa combinação que estabiliza o comportamento emocional.

É impossível sustentar a Posição Hidrodinâmica de Deslize na arrebentação de ondas grandes ou na linha dessas ondas, sem o treinamento específico para a musculatura respiratória.

POSIÇÃO HIDRODINÂMICA DE DESLIZE

É uma técnica usada para criar a menor resistência possível e nos impulsionar o máximo possível, seja na linha da onda ou se deslocando do ponto “A” para o ponto “B” com o menor dispêndio de energia possível.

Existem variações dessa posição, que serão abordadas em breve noutra publicação.

l

2 comentários em “NATAÇÃO NA ARREBENTAÇÃO”

  1. Realmente a eficácia dessas técnicas são verídicas depois que comecei a fazer tais exercícios e treinar tais movimentos percebi a diferença no meu desempenho e deslocamento na arrebentação.
    Parabéns pelo desenvolvimento de tal atividade, um diferencial para atletas e ou pessoas que desejam se aventurar em mares maiores.

    Responder
  2. Excelente Altíssimo Nível .
    Aos moldes como Reza as Lendas Leblonfins Aquacidade Extrema é um Treinamento Diferenciado no Brasil .

    Responder

Deixe um comentário

× WhatsApp