Treinamento de Apnéia  Para Surf

Apneia para surfistas, funciona mesmo?

Certamente você já deve ter lido ou escutado alguém exaltando as vantagens da prática de apneia para surfistas.

Talvez possa parecer óbvio que como num caldo você fica submerso sem respirar, que faz sentido treinar apneia estática para se preparar para esta situação…

Mas não é bem assim

Durante os anos de desenvolvimento do treinamento LeblonFins de Aquacidade Extrema, foi possível comprovar a ineficácia do treino de apneia estática como ferramenta para enfrentar diversos caldos seguidos em situações de estresse numa arrebentação extrema em uma única sessão de surf.

https://youtu.be/nQHuHu91oXM

Ou você tem força e resistência cardiorespiratória e está acostumado a performar com absurdo débito de oxigênio e níveis elevadíssimos de CO2 , dentro da dinâmica do ambiente de performance ou não tem e não está preparado e ponto.

O efeito do treinamento de apneia estática na piscina ou do freediving, numa arrebentação extrema é como de um placebo, funcionando para uns em algumas situações e para outros em nenhuma.

O fato do sujeito ter vivenciado uma situação onde ocorra a privação de O2 e excesso de CO2 no ambiente controlado de uma piscina, pode ou não permiti-lo associar cognitivamente esta situação com a do caldo.

Pode (ou não) dar mais calma na hora do perrengue. É a calma que evita o pânico e minimiza a queima de oxigênio.

Não é a prática da apneia estática que vai te ajudar a furar séries de ondas como essa e querer mais.

E se você ponderar que segundos se transformam numa eternidade quando entramos em pânico, qualquer coisa que prolongue nossa serenidade vale seu o peso em outro. Mas basicamente se resume nisso.

Super atletas que ficam vários minutos em apneia estática, pedem arrego em menos de 30 segundos no simulador de arrebentação! E simples mortais vem à tona em cerca de 10 segundos.

Mas tudo bem, ao chegar no teu limiar de conforto, basta ficar de pé! E um monitor de cada lado garantem que tudo de SEMPRE certo e que o sorriso sempre surja no rosto de quem participa de nossas rotinas.

Como você deve ter percebido no vídeo do surfista sendo engolfado pelo lipe da onda, ele não tem tempo de praticar as técnicas respiratórias que o permitiriam ficar em apneia, 2 ou 3 ou mais minutos numa piscina em estado meditativo.

Para enfrentar caldo, tem que tomar caldo.

Acreditamos que para resistir melhor ao caldo tem mesmo que tomar caldo, mas não indicamos tomar diversos caldos XXL no mar como forma de treinamento. Fazemos coro com o engenheiro aeroespacial norte-americano Edward A. Murphy que diz que: “se o homem tem algum modo de cometer um erro, ele o fará“. Esta citação se popularizou como a famosa Lei de Murphy que diz: se algo pode dar errado, vai dar errado!.

Inexistindo no mundo inteiro, opções eficientes de preparação física, técnica. tática e psicológica para lidar com arrebentações XXL, sem qualquer suporte além de nossa própria competência e habilidade, a equipe LeblonFins de Aquacidade Extrema desenvolveu técnicas próprias de treinamento e aparelhos específicos, que serão abordadas nas próximas publicações.

Deixe um comentário

× WhatsApp